Burj Khalifa – O maior arranha-céu do mundo

O Burj Khalifa, anteriormente conhecido como Burj Dubai, é atualmente (até 31/07/2014) o maior arranha-céu do mundo, com 828 metros de altura, localizado em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos. Sua construção começou em 21 de setembro de 2004 e foi inaugurado no dia 4 de janeiro de 2010. Foi rebatizado devido ao empréstimo feito por Khalifa bin Zayed Al Nahyan, xeque do emirado de Abu Dhabi, depois que este emprestou 10 bilhões de dólares para evitar que o emirado de Dubai desse um calote em investidores de uma de suas principais companhias, a Dubai World.

O edifício faz parte de uma complexo comercial e residencial de dois quilômetros quadrados de área chamado “Downtown Burj Dubai”, localizado ao lado das duas principais avenidas da cidade, a Sheikh Zayed Road e a Financial Centre Road. O arquiteto do edifício é Adrian Smith, que trabalhou com a Skidmore, Owings and Merrill (SOM) até 2006. A empresa de arquitetura e engenharia sediada na cidade estadunidense de Chicago ficou encarregada do projeto. As primeiras empreiteiras são a Samsung Engineering & Construction, a Besix e a Arabtec. A Turner Construction Company foi escolhida para comandar o projeto, o Engenheiro foi William Frazier Baker da SOM

O orçamento total do projeto do Burj Khalifa girou em torno de 1,5 bilhão de dólares. A torre foi construída pela Samsung Engineering & Construction, da Coréia do Sul, que também participou dos projetos das torres-gêmeas das Petronas Towers, na Malásia, e do Taipei 101, em Taiwan. A Samsung Engineering & Construction construiu a torre em uma joint venture com a Besix, da Bélgica, e a Arabtec, dos Emirados Árabes Unidos. A Turner Construction é a gerente de projetos no principal contrato de construção.

A estrutura primária é de betão reforçado. A empresa alemã Putzmeister criou uma nova bomba de concreto de alta pressão, a BSA 14000 SHP-D, especificamente para este projeto. Foram usados mais de 45.000 metros cúbicos de concreto, pesando mais de 110.000 toneladas, foram utilizados para a construção da fundação de concreto e aço, que possui 192 estacas; cada estaca tem o diâmetro de 1,5 metro por 43 metros de comprimento, enterrado a mais de 50 metros de profundidade. A construção do Burj Khalifa usou 330 mil metros cúbicos de concreto e 55.000 toneladas de vergalhões de aço e a sua construção consumiu 22 milhões de homens-horas. Um concreto armado de alta densidade e baixa permeabilidade foi utilizado nas fundações do arranha-céu. Um sistema de proteção catódica debaixo da grade de concreto da fundação é usado para minimizar os efeitos nocivos de produtos químicos corrosivos na água subterrânea local. Em maio de 2008, a Putzmeister bombeou concreto para uma altura até então recorde no mundo (606 metros), o andar 156. Três guindastes de torre foram utilizadas durante a construção dos níveis superiores, cada um capaz de levantar uma carga de 25 toneladas.

O interior do Burj Khalifa é altamente compartimentado. Anadares de manutenção pressurizados com ar-condicionado estão localizados aproximadamente a cada 35 andares, onde as pessoas podem se abrigar com segurança em caso de emergência ou incêndio.

A consistência do concreto utilizado no projeto foi um ponto essencial. Foi difícil criar um concreto que pudesse resistir às milhares de toneladas de peso da própria estrutura do edifício e as temperaturas do Golfo Pérsico que podem chegar a 50 °C. Para combater este problema, o cimento não foi derramado durante o dia Em vez disso, durante os meses do verão, gelo foi adicionado à mistura que vertia durante a noite, quando o ar é mais fria e a umidade é superior. Uma mistura de concreto refrigerado uniformemente e, portanto, menos propenso a secar muito rapidamente e quebrar foi usada.

Com o aço que foi preciso para construir o Burj Khalifa, daria para construir uma estrada percorrendo 1/4 da circunferência terrestre (dos Estados Unidos ao Oriente Médio). Visto de cima, o Burj Khalifa forma uma flor-de-lótus, sagrada no Oriente. A partir do topo do edifício, é possível se avistar até mesmo países vizinhos aos Emirados Árabes Unidos, tais como o Irã e o Omã.

Recordes

Estrutura mais alta livre de cabos: 589.5 metros (1,964 pés) (anterior CN Tower – 553.3 m (1,815 pés))
Edifício com mais andares: 158(anterior Sears Tower/World Trade Center – 110 andares)
Concreto vertical (para o edifício): 601.0 m (1,972 pés) (anterior Taipei 101 – 449.2 m (1,474 pés))
Concreto vertical (para qualquer construção): 601.0 m (1,972 pés) (anterior Riva del Garda Hydroelectric Power Plant – 532 m (1,745 pés)31 )

Coordenadas: 25° 11′ 50″ N, 55° 16′ 26″ L
Altura Antena: 828 m
Área: 334 000 m²
Andares: 160 andares habitáveis