Salamandras

Para ambientes internos e externos, existem salamadras de diversos estilos. Do vintage ao contemporâneo, passando pelo rústico. Os modelos são feitos em chapa de aço ou ferro fundido, e podem receber acabamentos em cerâmica e revestimento interior de tijolo refratário. A diferença do material reflete na durabilidade.

Foto salamandra

O combustível usado nas salamandras pode ser de três tipos: lenha, carvão ou pelets. Nos dois primeiros a exaustão deve ser feita com encanação vertical. Pelets é uma argamassa prensada de aparas de madeira e serradura. As vantagens da escolha de modelos que requerem este combustível são a alimentação automática e, como produz menos fumaça, pode ter uma exaustão horizontal. Além de poder ser ligada com controle remoto e regulagem eletrônica de temperatura.

A vantagem da salamandra em relação as lareiras é o modelo que vem com forno acoplado. Semelhante ao fogão à lenha, oferece uma utilidade extra para quem decidir colocá-la no jardim, em um espaço gourmet ou na casa de campo. É importante fazer revisão anual, limpeza do tubo de extração da fumaça.

Fonte: revista.penseimoveis.com.br